Tipos de data center: 5 formas de estruturar o processamento de dados

Entenda o que é, quais os componentes e os tipos de data center existentes no mercado para armazenar e processar informações de negócio.

Você chega na empresa de manhã, abre seu e-mail, confere seus compromissos na agenda virtual e abre o software de gerenciamento de projetos e começa seu dia de trabalho. Já parou para pensar em como você realiza todas essas atividades na internet? Isso acontece porque existem diferentes tipos de data center que dão suporte às trocas de dados online.


O data center é um núcleo central para que sites, serviços de streaming de filmes e músicas, redes sociais, softwares de gestão e tudo mais que conhecemos e acessamos funcione.


Essas centrais de dados, como também são chamados, são infraestruturas complexas que existem para processar e armazenar milhões dados todos os dias de forma segura.


Várias soluções empresariais como softwares ERPs, CRMs, aplicativos de comunicação e gerenciamento de projetos precisam da infraestrutura de um data center para funcionar. 


Para entender melhor sobre esse recurso, explicamos neste post o que é e os serviços que cada um dos tipos de data center oferece para empresas.

O que é data center?

Data center é um local físico onde fica montada a infraestrutura de processamento de dados de uma empresa, acessíveis a qualquer hora do dia, através de servidores ativos 24h


Seus principais componentes são:


  • servidores;
  • sistema de telecomunicações;
  • segurança;
  • sistema de energia elétrica;
  • sistema de refrigeração.


Manter esse sistema funcionando requer não só um grande investimento financeiro para sua criação quanto para a manutenção dos mesmos com equipe de TI, elétrica, engenheiros, segurança de rede, etc.


Grandes empresas do mercado como Facebook, Google, Microsoft e Apple possuem data center dedicados ou locais. Ou seja, elas construíram sua própria infraestrutura para processar os dados dos serviços que oferecem. 


Data Center da Apple em Maiden/Carolina do Norte (EUA) | Imagem: MacMagazine.


Como são centros enormes, os tipos de data center dessas empresas não ficam no mesmo espaço da sede. A maioria se estabelece em outros estados onde há segurança e área para construir.


Mas não são apenas empresas com operações mundiais que investem em um data center dedicado. 


Existem empresas menores que investem na construção de um data center e vendem um “espaço” no seus servidores para outros negócios.


Esses são os servidores comerciais ou virtuais que operam 100% na nuvem. A empresa dona do data center cria planos de serviços para oferecer a empresas menores do mercado que não podem investir em um sistema próprio. 


Assim, as empresas de pequeno e médio porte cortam um gasto importante em relação a compra de equipamentos e manutenção da infraestrutura local e de funcionários.


Entendido o que é data center e como sua estrutura funciona, vamos conhecer os tipos de data center existentes no mercado. 

Tipos de data center

Os tipos de data center se estabelecem de acordo com a capacidade de operação necessária para uma empresa.


Por exemplo, imagine a quantidade de pesquisas feitas diariamente pelo Google. Sem um data center com servidores robustos e bem estruturados, o site não suportaria a quantidade de acessos e buscas simultâneas.


Já uma empresa pequena que realiza operações locais consegue manter suas operações com um servidor “menor”.


Conheça mais sobre os tipos de servidores existentes:

1. Data center Hyperscale

O primeiro dos tipos de data center é o Hyperscale. Ele possui uma grande capacidade de armazenamento e processo dados em massa com velocidade e segurança.


As empresas citadas acima como Google, Facebook, Apple e também a Amazon — todas nos EUA — possuem esse tipo de data center.


Essas empresas constroem e gerenciam uma infraestrutura robusta que suporta suas próprias operações e ainda compartilham seus servidores com outros negócios e pessoas físicas.


Alguns exemplo de serviços são: o Google Drive, o iCloud da Apple, o Office 365 da Microsoft, dentre outros serviços de armazenamento em nuvem e big data


Um data center hyperscale conta com aproximadamente 5.000 servidores, rede de altíssima velocidade e um grande número de fibras.


A manutenção desses centros de dados é mantida pela equipe da própria empresa.

2. Data center Colocation

Outros dos tipos de data center é chamado de Colocation que pode abrigar de centenas a milhares de clientes em um único espaço. 


Essa solução se encaixa para empresas que não possuem uma área disponível ou que não querem fazer esse investimento. Dessa forma, elas “alugam” um espaço dentro da estrutura de uma empresa para montar seu próprio data center.


Além do espaço, a empresa conta com infraestrutura energética e de refrigeração que mantém cada núcleo operando. 


Muitas empresas de Software as a Service (SaaS) ou Platform as a service (PaaS) usam esse tipo de data center para criar seu serviços.


Assim, se a empresa expande suas operações e precisa de mais capacidade de armazenamento e processamento, pode adquirir mais espaço dentro de um data center Colocation.


Algumas empresas que operam data centers nesse formato também oferecem suporte técnico e orientação para que o cliente migre seu servidor sem ruídos ou perdas.

3. Data center Enterprise

Assim como o Hyperscale, os tipos de data center Enterprise também pertencem e são gerenciados por um empresa que constrói sua infraestrutura na área da própria empresa ou adquire um terreno para montá-lo. 


A diferença para o data center Hyperscale está na quantidade de fibras utilizada em toda rede que no caso do Enterprise é menor.


A manutenção mecânica e elétrica é terceirizada em alguns casos, mas a empresa também mantém sua própria equipe de TI operando.

4. Data center Edge

Um dos tipos de data center que mais cresce atualmente é o Edge. Essas centrais possuem estruturas menores construídas próximas às concentrações de usuários finais. 


O termo ‘edge’ em inglês significa ‘a beira’, destacando justamente o posicionamento próximo desses data centers para atender alguns tipos específicos de serviços como:


  • streamings de música (Spotify, Deezer) e de vídeo (Netflix);
  • soluções em nuvem;
  • big data;
  • internet das coisas (IoT), etc.


Como o processamento dos dados é feito mais próximo do usuário, o data center Edge oferece respostas rápidas, diminuindo os ruídos de espera.


A agilidade é uma característica fundamental para a satisfação do clientes dos serviços que citamos acima e que são bastante populares e tem milhões de usuários.


As empresas que optam pelo tipo de data center Edge conseguem obter alto desempenho e um custo-benefício vantajoso para oferecer seu serviço com qualidade.  

5. Data center em nuvem

Esse tipo de data center também é chamado de cloud computing. Aplicativos, dados, dentre outros itens são armazenados em provedores de serviços em nuvem.


Alguns exemplos de provedores são:


  • Amazon Web Services (AWS); 
  • Azure da Microsoft;
  • Google Cloud Platform;
  • IBM Cloud.


Esses servidores eliminam a necessidade de espaço físico, distribuindo as informações em diversos servidores para tornar o processo mais rápido e seguro.

Qual dos tipos de data center sua empresa precisa?

Agora que você conhece os tipos de data center pode escolher o ideal para apoiar as operações do seu negócio.


Ainda tem dúvidas e gostaria de contar com o suporte de especializado para escolha e implementação?


Se a sua empresa não tem uma equipe interna para essa função pode fazer o outsourcing de TI com empresas especializadas. 


Conheça a Encontre um Nerd e saiba como nossa plataforma faz o suporte das tecnologias da sua empresa ser resolvido mais rápido, em uma fração do preço. 


Entre em contato com a nossa equipe e conheça nossos serviços.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Você também pode gostar de...

Veja Mais
Receba uma proposta personalizada dos nossos consultores de suporte:
Recebemos suas informações e entraremos em contato em breve.
Oops! Something went wrong while submitting the form