Use a automatização de tarefas em sua PME e dedique-se ao que realmente importa!

Quer mais produtividade e tempo para administrar sua PME em vez de fazer tarefas chatas e repetitivas? Faça a automatização de tarefas!

Já preencheu sua planilha hoje? E notas fiscais, quantas emitiu?

Fazer a gestão de uma PME não é fácil. Normalmente os recursos não estão sobrando e muitas tarefas operacionais acabam sendo feitas por sócios.

E mesmo quem já usa alguns softwares para fazer o planejamento financeiro da empresa ou gerenciar vendas, acaba passando muito tempo alimentando essas ferramentas com dados.

Mas e o planejamento estratégico do negócio? E a administração da empresa? E o planejamento de ações de vendas? Quando fazer isso?

No final das contas, o empreendedor é engolido pelas tarefas do dia a dia e o negócio acaba ficando sem um rumo estratégico mais definido.

O que é péssimo, porque pode dar oportunidade aos concorrentes de se diferenciarem, enquanto seu negócio fica para trás, parado no tempo.

Quer parar de se dedicar às tarefas chatas e repetitivas, descobrir como aumentar a produtividade no trabalho e tomar à frente de sua PME em direção ao sucesso?

Faça a automatização de tarefas integrando as ferramentas que já usa em seu negócio.

Isso é bem mais fácil do que você imagina e pode levar menos de 2 minutos, mesmo se você não entende nada de programação nem de linhas de código.

O que é automatização de tarefas?

Automatizar tarefas repetitivas significa substituir as ações manuais desempenhadas por pessoas por ações automáticas.

Assim, um sistema de automação pode ajudar sua empresa, por exemplo, a emitir notas fiscais sem que ninguém tenha que verificar o que foi vendido, os valores e para quem, nem digitar CNPJ ou CPF.

Como essa maravilha acontece?

Simples: integrando duas ferramentas baseadas na nuvem.

Aprenda como se faz isso.

Automatização de tarefas por meio da integração de ferramentas: veja como é simples!

Todo software baseado na nuvem, como o LinkedIn, por exemplo, conta com protocolos da internet chamados API.

Essa é uma sigla em inglês para Application Programming Interface. Esses protocolos - quando abertos para uso livre pelos desenvolvedores dos softwares - permitem que duas ferramentas da internet troquem dados entre si.

Assim, no exemplo sobre a emissão automática de notas fiscais, imagine que seu negócio é um e-commerce que faz dezenas ou centenas de vendas diárias.

Emitir todas essas notas fiscais vai dar uma trabalho danado…

Não!

Não?

Não se você integrar o seu meio de pagamento digital (usando as tais APIs) com seu software emissor de notas fiscais.

Nesse caso, todas vez que um pagamento for aprovado em seu e-commerce, seu emissor de notas fiscais fica sabendo e já emite a nota para você na hora!

Sem erros, sem atrasos e, melhor de tudo: sobra tempo para você se dedicar a outras tarefas mais importantes para sua empresa. Aquilo que realmente importa para seu negócio!

É caro e demorado integrar ferramentas via API ?

Sim e não!

Se você for fazer essa integração sozinho, por sua conta, vai demorar um bocado e custar um bom dinheiro.

Mas se você usar integrações prontas, como as da Pluga, por exemplo, pagará um valor mensal para usar diversas automatizacões, dependendo do plano que escolher.

Existe até um plano grátis, com direito a três automatizações de tarefas prontinhas para usar!

Conheça outras automatizações de tarefas úteis para o seu negócio

Da automação do escritório às atividades de vendas, um mundo de possibilidades se abre para quem usa automatizações de tarefas via API.

Veja alguns exemplos:

Preenchimento de planilhas do Google Sheets

Planilhas do Google Sheets para controle de vendas, de fluxo de caixa, de reembolsos. Tudo que puder ser associado a uma outra ferramenta baseada na internet pode ser automatizado (desde que a API esteja aberta!).

Assim, por exemplo:

  • Toda vez que fechar um negócio em seu CRM, uma linha é acrescentada em uma planilha.
  • Toda vez que um pagamento é aprovado, a planilha correspondente recebe mais um alinha, com as informações desejadas.
  • Um novo contato foi inserido em uma lista de seu disparador de e-mail? Então a planilha pode receber essa informação automaticamente também.

Colocar dados no CRM

Muitas empresas têm dificuldade de manter seu CRM atualizado porque os vendedores não querem gastar tempo com essa tarefa.

Você pode solucionar esse problema integrando seu meio de pagamento, software de automação de marketing ou mesmo planilhas para que enviem informações sobre vendas diretamente ao seu CRM.

Usar programas de controle financeiro

Da mesma forma que no exemplo acima, seu software de controle financeiro também pode ser alimentado com os dados do seu CRM, ferramenta de automação de email marketing, meio de pagamento, planilhas e muitas outras.

Esses foram apenas alguns exemplos de automatização de tarefas. Com certeza sua empresa deve ter outras que deseja tornar automáticas. Pesquise e encontre uma solução pronta para você usar!

* Este post foi escrito por Diego Minone, CMO da Pluga apaixonado por dados, produtividade e chocolate meio amargo.

42% das empresas no Brasil tem custos mais altos por ineficiência em tecnologia e informática. Faça um orçamento:

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Você também pode gostar de...

Veja Mais

Não deixe sua empresa parar por problemas simples de suporte. Estamos aqui para te ajudar

Confira alguns dos serviços: