O que é certificado digital? Tudo o que você precisa saber sobre essa importante ferramenta

Entenda o que é certificado digital, para quê ele serve, seus principais tipos e o que fazer para conseguir uma para a sua empresa.

Você tem ideia de o que é certificado digital? Sabe para quê ele serve?

Imagine poder contar com uma identidade eletrônica, totalmente segura e de autenticidade garantida por uma criptografia complexa. Com o certificado digital isso é perfeitamente possível.

Ficou curioso? Então continue a leitura para entender melhor o que é certificado digital, como ele funciona na prática e o que fazer para conseguir essa tecnologia para sua empresa.

O que é certificado digital?

Implementado no Brasil em 2001, com a partir da criação da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP Brasil), o certificado digital é uma ferramenta que garante autenticidade a um indivíduo ou empresa em ambiente virtual. Ele funciona como um documento de identidade eletrônico.

Com o certificado digital, é possível assinar documentos à distância, sem precisar estar fisicamente presente no local da assinatura. Ele legitima inúmeras transações online e confere validade jurídica aos documentos assinados digitalmente.

O certificado digital permite também reduzir a burocracia e os custos com papel, impressão, cópias e autenticação em cartório.

Geralmente, as informações que constam em um certificado digital são as seguintes:

  • Nome do titular;
  • Endereço de e-mail;
  • CPF ou CNPJ do titular;
  • Prazo de validade do certificado digital;
  • Chave pública;
  • Dados da Autoridade Certificadora;
  • Assinatura digital da Autoridade Certificadora.

Fonte: Bry Tecnologia

Certificado digital é seguro?

Sim, o certificado digital é uma ferramenta segura. Ele conta com uma tecnologia moderna que protege todos os dados e informações que são trocadas no meio online.

Se na assinatura manual a segurança está no fato de que cada pessoa apresenta um jeito único de escrever, na assinatura digital a segurança reside em um par de chaves criptografadas.

Tais chaves, que são únicas para cada pessoa, são geradas de forma aleatória e operam em conjunto. Isso significa que aquilo que uma chave assina somente a outra poderá verificar e autenticar.

Dessa forma, a chave privada fica de posse do usuário, Já a chave pública é distribuída no formato de um certificado digital.

Essa tecnologia de criptografia foi desenvolvida para assegurar autenticidade, confidencialidade e integridade a todas as informações de ponta a ponta no processo.

Você pode armazenar o seu certificado digital em dispositivos criptográficos portáteis (como token ou smartcard) ou na nuvem, podendo acessá-lo de maneira remota.

Quais os principais tipos de certificado digital?

Os certificados digitais A1 e A3 são os principais tipos utilizados. Veja a seguir as especificidades de cada um deles:

Tipo A1

  • Criptografia mais simples;
  • Chaves de 1024 bits;
  • Validade máxima de 1 ano;
  • Armazenado no computador do titular, sem mobilidade.

Tipo A3

  • Criptografia mais complexa e, portanto, mais seguro;
  • Chaves de 2048 bits;
  • Validade de até 5 anos;
  • Podem ser armazenados em dispositivos criptográficos móveis (token ou smartcard) ou na nuvem, podendo ser acessado de qualquer lugar.

Como conseguir um certificado digital?

Agora que você já sabe o que é certificado digital, deve estar se perguntando: o que fazer para conseguir um? O processo para ter o seu próprio certificado digital é relativamente simples. 

O primeiro passo é procurar uma Autoridade Certificadora. Elas é que são as responsáveis por conferir a identidade do requerente e emitir esse documento.

Após verificar todos os seus documentos, você poderá escolher qual tipo de certificado é o mais adequado para a sua necessidade. Em seguida, basta efetuar o pagamento para ter acesso ao seu certificado digital.

Confira abaixo quais são as principais Autoridades Certificadoras credenciadas pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil):

Vale lembrar que toda empresa que emite nota fiscal eletrônica é obrigada a ter um certificado digital, inclusive aquelas inscritas no regime tributário Lucro Real ou Lucro Presumido. Empresas optantes pelo Simples Nacional não precisam de certificado digital.

Ficou claro o que é certificado digital? Então que tal adotar um para o seu negócio?

Com os avanços nas área de tecnologia da informação, essa é uma tendência que vem ganhando força no mercado. Não fique de fora e faça já um certificado digital para otimizar os custos e o trabalho na sua empresa.

Este post foi escrito pela equipe da Nfe.io, um sistema de emissão e controle de notas fiscais que automatiza tarefas chatas e faz sua empresa ganhar tempo, performance e diminuir custos.

42% das empresas no Brasil tem custos mais altos por ineficiência em tecnologia e informática. Faça um orçamento:

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Você também pode gostar de...

Veja Mais

Não deixe sua empresa parar por problemas simples de suporte. Estamos aqui para te ajudar

Confira alguns dos serviços: