Como calcular o custo operacional de uma empresa: fórmula + componentes

Aprenda como calcular o custo operacional de uma empresa e entenda a influência de cada variável para analisar o desempenho de um negócio.

O cálculo dos custos operacionais de uma empresa indica quanto ela gasta para produzir bens e serviços para os clientes.

Você também pode usar os custos operacionais para estimar o volume de equilíbrio da sua empresa, ou seja, o número de unidades que você deve vender antes de começar a obter lucro.

O termo "custo operacional" é usado de maneira um pouco diferente para determinados fins fiscais, como calcular as despesas de operação de veículos ou de um escritório em casa.

A seguir vamos detalhar mais sobre este tema: o que é, como calcular o custo operacional de uma empresa e detalhes sobre os componentes da fórmula. Continue lendo!

O que é custo operacional?

Os custos operacionais de uma empresa são gastos associados à manutenção e administração de um negócio no dia-a-dia.

O custo operacional total de uma empresa inclui o custo dos produtos vendidos, as despesas operacionais e as despesas gerais.

O custo operacional é deduzido da receita para chegar à receita operacional e é refletido na demonstração de resultados da empresa.

Como calcular o custo operacional de uma empresa: fórmula

Entendido o que é, o próximo passo é como calcular o custo operacional de uma empresa.

Use a fórmula a seguir para calcular o custo operacional de um negócio. Você encontrará essas informações na demonstração de resultados da empresa, usada para detalhar o desempenho financeiro do período contábil.

Custo operacional = custo dos produtos vendidos + despesas operacionais

  1. Da demonstração de resultados da empresa, obtenha o custo total dos produtos vendidos, que também podem ser chamados de custo das vendas.
  2. Encontre o total de despesas operacionais, que devem estar mais abaixo na demonstração de resultados.
  3. Adicione as despesas operacionais totais e o custo dos produtos vendidos (CPV) para chegar aos custos operacionais totais do período.

Entendendo os custos operacionais

As empresas precisam acompanhar os custos operacionais, bem como os custos associados às atividades não operacionais, como despesas com juros de um empréstimo.

Ambos os custos são contabilizados de maneira diferente nos livros de uma empresa, permitindo que os analistas determinem como os custos estão associados às atividades de geração de receita e se os negócios podem ou não ser executados com mais eficiência.

De um modo geral, a administração de uma empresa procura maximizar os lucros. Como os lucros são determinados tanto pela receita que a empresa obtém quanto pelo valor que a empresa gasta para operar, o lucro pode crescer aumentando a receita e diminuindo os custos operacionais.

Como o corte de custos geralmente parece ser uma maneira mais fácil e acessível de aumentar os lucros, os gerentes costumam ser rápidos em escolher esse método.

No entanto, cortar custos operacionais demais pode reduzir a produtividade do trabalho e, portanto, seu lucro também. Embora a redução de qualquer custo operacional específico geralmente aumente os lucros a curto prazo, também pode prejudicar os ganhos da empresa a longo prazo.

Por exemplo, se uma empresa reduzir seus custos com marketing, seus lucros a curto prazo provavelmente melhorarão, pois está gastando menos dinheiro em custos operacionais.

No entanto, ao reduzir seu marketing, a empresa também pode reduzir sua capacidade de gerar novos negócios. Idealmente, as empresas procuram manter os custos operacionais o mais baixo possível, mantendo a capacidade de aumentar as vendas.

Componentes do custo operacional

Para calcular o custo operacional de uma empresa é importante entender dois componentes — custos fixos e custos variáveis —, que diferem em aspectos importantes.

1. Custos fixos

Um custo fixo é aquele que não muda com o aumento ou redução nas vendas ou na produtividade e deve ser pago independentemente da atividade ou desempenho da empresa.

Por exemplo, uma empresa de manufatura deve pagar aluguel pelo espaço da fábrica, independentemente de quanto está produzindo ou ganhando.

Embora possa reduzir o tamanho do espaço e o valor do aluguel, não pode eliminar esses custos e, portanto, eles são considerados fixos. Os custos fixos geralmente incluem custos indiretos, seguros, segurança e equipamentos.

Os custos fixos podem ajudar a obter economias de escala, pois quando muitos dos custos de uma empresa são fixos, a empresa pode obter mais lucro por unidade, pois produz mais quantidade.

Nesse sistema, os custos fixos são distribuídos pelo número de unidades produzidas, tornando a produção mais eficiente à medida que ela aumenta, reduzindo o custo médio por unidade de produção.

Economias de escala podem permitir que grandes empresas vendam os mesmos produtos que empresas menores por preços mais baixos.

O princípio da economia de escala pode ser limitado, pois geralmente os custos fixos precisam aumentar com determinados parâmetros de referência no crescimento da produção.

Por exemplo, uma empresa de manufatura que aumenta sua taxa de produção por um período específico chegará a um ponto em que precisará aumentar o tamanho de seu espaço de fábrica para acomodar o aumento da produção de seus produtos.

2. Custos variáveis

Os custos variáveis, como o nome indica, são compostos por custos que variam com a produção. Diferentemente dos custos fixos, os custos variáveis ​​aumentam à medida que a produção aumenta e diminuem à medida que a produção diminui.

Exemplos de custos variáveis ​​incluem custos de matéria-prima, folha de pagamento e custo com eletricidade. Por exemplo, para que uma cadeia de restaurantes de fast-food que venda batatas fritas aumente suas vendas, ela precisará aumentar seus pedidos de compra de batatas com seu fornecedor.

Às vezes, é possível que uma empresa obtenha um desconto por volume ao comprar suprimentos a granel, em que o vendedor concorda em reduzir levemente o custo por unidade em troca do acordo com o comprador de comprar regularmente os suprimentos em grandes quantidades.

Os descontos por volume geralmente têm um pequeno impacto na correlação entre produção e custos variáveis, e a tendência permanece a mesma.

Normalmente, as empresas com uma alta proporção de custos variáveis ​​em relação aos custos fixos são consideradas menos voláteis, pois seus lucros dependem mais do sucesso de suas vendas. Da mesma forma, a rentabilidade e o risco para as mesmas empresas também são mais fáceis de avaliar.

Limitações de custos operacionais

Como em qualquer métrica financeira, os custos operacionais devem ser comparados ao longo de vários períodos de relatório para se ter uma ideia de qualquer tendência.

Às vezes, as empresas podem cortar custos em um trimestre específico, inflando temporariamente seus ganhos.

Os investidores devem monitorar os custos para ver se estão aumentando ou diminuindo ao longo do tempo, além de comparar esses resultados com o desempenho da receita e do lucro.

De olho na produtividade da empresa!

Aprender como calcular o custo operacional de uma empresa é importante para conduzir decisões mais acertadas ao longo do tempo e garantir a implementação de processos de trabalho mais seguros.

Se sua empresa precisa integrar melhor a comunicação entre os diversos departamentos para compilar dados que levarão a uma análise da tendencias de custos operacionais mais apuradas, contrate uma equipe de TI e informática capacitada para isso.

A Encontre um Nerd resolve frustrações e implementa soluções em escritórios e empresas com foco na experiência do cliente. Tudo para tornar cada negócio um lugar onde tudo simplesmente funciona.Entre em contato com a nossa equipe e conheça nossos serviços.

42% das empresas no Brasil tem custos mais altos por ineficiência em tecnologia e informática. Faça um orçamento:

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Você também pode gostar de...

Veja Mais

Não deixe sua empresa parar por problemas simples de suporte. Estamos aqui para te ajudar

Confira alguns dos serviços: