Internet das coisas nas empresas: como ela está mudando os negócios hoje

Produtividade, uso estratégico de dados, novos modelos de negócios e mais benefícios da utilização da internet das coisas nas empresas.

O uso da internet das coisas (IoT) nas empresas está mudando o mundo dos negócios. Os dispositivos de IoT registram e transferem dados para monitorar processos importantes, fornecem novos insights, aumentam a eficiência e permitem que as empresas tomem decisões mais com base em informações.


Quase todos os aspectos de nossas vidas agora geram dados. Os relógios inteligentes rastreiam cada passo que damos e sentem cada batida do nosso coração. Os smartphones em nossos bolsos sabem nossa localização, nossos hobbies, onde vamos sair de férias e o que estamos pensando em comprar.


Algumas dessas percepções beneficiam o cliente e algumas o fabricante do produto. Em última análise, estamos todos emergindo em um mundo da Internet das Coisas (IoT) que, na maior parte, beneficia a todos - ajudando nosso dia-a-dia e nos mantendo conectados às coisas e pessoas que são importantes para nós.


Os dispositivos dizem às organizações o que realmente está acontecendo e não o que elas supõem ou esperam que esteja acontecendo. E os dados que eles coletam estão prontos para uso em sistemas analíticos e de inteligência artificial, que podem identificar padrões de uso ou comportamento que antes eram ocultos.


O mercado de internet das coisas nas empresas - que inclui hardware, software, integração de sistemas e serviços de dados e telecomunicações - deve crescer para US$ 520 bilhões até 2021. Esse número representa um aumento de mais de 100% dos US$ 235 bilhões gastos em 2017.


Se você está pensando em como a tecnologia da internet das coisas pode ser usada em sua empresa, é essencial entender como ela está transformando a estratégia e as operações em outros lugares.


Aqui estão cinco maneiras principais pelas quais a internet das coisas nas empresas está possibilitando uma transformação digital bem sucedida hoje.


Internet das coisas nas empresas: benefícios de usar

1 | Insights de negócios aprimorados e experiência do cliente

Equipamentos conectados em manufatura, aviação, cadeia de suprimentos, agricultura, saúde e muitos outros setores estão criando mais fluxos de dados e potencial analítico.


Isso significa que as empresas estão obtendo insights muito maiores sobre suas operações comerciais e como seus clientes usam seus produtos ou serviços.


Em muitos casos, isso foi ativado por plataformas em nuvem fornecidas por empresas como Microsoft Azure, AWS, IBM e Google (juntamente com centenas de fornecedores mais especializados).


Também há agora uma mudança em direção à computação de borda (edge computing) em alguns setores, em um esforço para reduzir a latência (e outras desvantagens) introduzida pela confiança em data centers remotos de terceiros.


Quando uma empresa entende como seus clientes usam seus produtos, elas podem atender melhor às suas necessidades e melhorar a experiência deles.


De muitas maneiras, o setor de varejo está na vanguarda da mudança impulsionada pela tecnologia da internet das coisas nas empresas.


O futuro do varejo está em conectar-se com o cliente e reduzir o atrito para ele. A mentalidade "preciso agora" dos compradores de hoje mostra que a conveniência tem precedência sobre a lealdade à marca, com muitos clientes preferindo as compras online.


Aqueles com interesse em lojas físicas também precisam inovar. Recomendações preditivas e provadores inteligentes são agora uma realidade.


Em um ambiente de compras, a internet das coisas tem tudo a ver com reduzir o atrito na experiência de compra e ajudar os clientes a interagir com os produtos, geralmente em um ambiente de realidade virtual ou aumentada pré-compra.


Para algumas soluções, a experiência ainda é um pouco experimental, mas a verdade é que a IoT pode dar às lojas de rua um impulso muito necessário em um momento em que o varejo online está se sobressaindo.


E como ocorre com muitos tipos de implementação de internet das coisas nas empresas voltadas para o cliente, há outros benefícios também: controle de estoque, melhoria na gestão de estoque e gerenciamento da cadeia de suprimentos, por exemplo, à medida que são reunidos dados sobre produtos populares e oportunidades de venda cruzada (up ou cross-selling).


Esse aprimoramento da experiência do usuário, juntamente com novos fluxos de dados e insights, é um benefício comum em todos os aplicativos de IoT. Para todos os tipos de organizações, isso tem um enorme potencial estratégico e operacional.

2 | Reduções de custo e tempo de inatividade

Outro dos benefícios percebidos pelo uso da internet das coisas nas empresas é na redução dos gastos operacionais e do tempo de inatividade.


Por exemplo, o surgimento rápido da tecnologia gêmeo digital - modelos digitais de ativos físicos construídos a partir de dados em tempo real, seja em forma de dados puros ou como representações em 3D - é um importante diferencial competitivo em aplicações industriais de IoT.


Imagine a falha de um componente pequeno, mas crítico, em uma instalação industrial, causando horas ou dias de inatividade enquanto a falha é rastreada e corrigida. 


Agora imagine cada parte da instalação sendo armazenada e representada em um gêmeo digital, que dissesse aos engenheiros que o componente ia falhar semanas antes disso - e exatamente onde estava e como substituí-lo. 


Como resultado, uma breve manutenção programada pode identificar a peça para reposição, encomendar e montá-la.


Esse tipo de tecnologia pode ajudar a reduzir tanto os custos operacionais quanto o tempo de inatividade do sistema em fábricas e outras instalações industriais, ajudando os funcionários a aprender no trabalho sobre como as máquinas funcionam e/ou podem ser quebradas para manutenção e atualização - talvez por meio de tablets e headsets de realidade aumentada ou óculos inteligentes.


Os gêmeos digitais podem fornecer benefícios semelhantes em muitos setores, desde petróleo, gás e outras fontes de energia até a fabricação e a cadeia de suprimentos.

3 | Ganhos de eficiência e produtividade

Ao conectar os principais processos de uma empresa, os líderes podem identificar mais facilmente formas de aumentar a eficiência e a produtividade. Graças a esses ganhos, as empresas esperam que a IoT industrial aumente as receitas em US$ 154 milhões, de acordo com um recente relatório da Inmarsat.


Os funcionários da fábrica de montagem de motores da Ford em Valência, na Espanha, estão usando uma roupa especial equipada com tecnologia de rastreamento do corpo. O sistema piloto, criado pela Ford e pelo Instituto Biomecânica de Valência, envolveu 70 funcionários em 21 áreas de trabalho.


A tecnologia é similar aos sistemas de rastreamento de movimento que registram como os atletas correm ou giram, ou os atores se movem e falam. 

A Ford tem usado o mesmo tipo de tecnologia para projetar estações de trabalho menos estressantes para melhorar seus processos de fabricação.


Acompanhando com precisão os movimentos de seus funcionários, a Ford está possibilitando mudanças nos dados de seus processos de produção de veículos, tornando-as mais seguras e eficientes.


Os mesmos princípios podem ser aplicados às máquinas para identificar gargalos ou problemas nas linhas de produção, por menores que sejam.

4 | Acompanhamento de ativos e redução de resíduos

Intimamente ligado à eficiência e produtividade está o impulso para reduzir o desperdício, no qual o rastreamento de internet das coisas nas empresas é integral.


Vamos imaginar uma empresa hipotética para entender o valor da IoT quando se trata de eliminar desperdícios e ineficiências nas cadeias de suprimento:


Uma empresa de automóveis tem uma cadeia de suprimentos complexa que inclui dezenas de milhares de caixas, que contêm materiais para produção. 


Cada uma dessas caixas possui um valor de 400 reais e, ao todo, a empresa estava causando uma perda de dezenas de milhões de reais devido a caixas perdidas na cadeia de suprimentos.


Como solução foi criado uma maneira para rastrear cada uma das caixas com um dispositivo que atualizava o local duas vezes ao dia. Assim, além de encontrar as caixas atuais perdidas no processo, é possível rastrear onde foram para as caixas anteriores 


Como resultado, a empresa conseguiu reduzir o número de caixas que desaparecem e também resolver os enormes custos associados a isso.


Normalmente, quanto mais componentes houver em uma operação comercial, mais ela se beneficiará da implementação da internet das coisas. Por isso, a indústria de cadeia de suprimentos se tornaram a maior utilizadora da IoT até hoje.

5 | Novos modelos de negócios

Embora os casos de uso mais óbvios da internet das coisas nas empresas girem em torno da eficiência, da produtividade e do monitoramento de processos, vemos cada vez mais as empresas usarem a tecnologia para fornecer informações sobre seus clientes e como eles usam seus produtos.


Carros conectados à internet, máquinas de café, trens e todo tipo de outras coisas inteligentes podem alimentar dados de uso de volta para seus fabricantes e operadores, informando sobre o desempenho em torno desses produtos.


Poucas dessas coisas foram originalmente projetadas para serem conectadas, mas a internet das coisas nas empresas pode agregar novo valor a elas e ajudar a melhorar seu design futuro por meio da soma de dados coletados sobre seu uso no mundo real.


As empresas que integram com sucesso a IoT em seus produtos de maneira que beneficie tanto o cliente quanto seus próprios processos internos podem obter enormes benefícios.


A internet das coisas nas empresas também permite que as organizações se afastem dos modelos de negócios convencionais para novos fluxos de receita. 


Os dados adquiridos geralmente têm valor em si, mas, mais significativamente, os clientes podem receber serviços baseados em assinatura que se baseiam na natureza conectada dos produtos da empresa, muitas vezes compensando o custo inicial de entrada.


Como a Amazon provou no mundo do consumidor, produtos que fornecem dados valiosos às empresas podem capacitá-los a oferecer os mesmos produtos a custos reduzidos, abrindo novos mercados substituindo a receita de despesas de capital (capex) com despesas operacionais (opex), via assinaturas.

Além da internet das coisas

Esses são apenas alguns dos ganhos a serem obtidos com a implementação da internet das coisas nas empresas como parte de uma estratégia de transformação digital mais ampla. 


Quando combinadas com outras tecnologias emergentes, como inteligência artificial, realidade virtual, realidade aumentada, robótica e blockchain (em termos de contratos inteligentes e cadeias de suprimento), as empresas vão ser capazes de desbloquear receitas antes inexploradas, ganhar novas vantagens competitivas, criar novos métodos de treinamento e produzir produtos e serviços de maior qualidade.


E você, como vê o potencial da internet das coisas nas empresas se aproximar do seu tipo de negócio?


A tecnologia nas empresas pode abrir as portas para um futuro mais promissor para sua organização. E para começar no caminho certo você precisa da melhor assessoria.


Conheça a consultoria de TI da Encontre um Nerd e encontre soluções mais inteligentes para sua área.


Temos um case interessante com a empresa Via Varejo que ajudamos a reduzir em 20% o custo com pessoal e fazer o fechamento de custos e despesas em 2 dias com nosso suporte ondemand. 


Entre em contato com a nossa equipe e conheça nossos serviços.

42% das empresas no Brasil tem custos mais altos por ineficiência em tecnologia e informática. Fale com um consultor:

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Você também pode gostar de...

Veja Mais

Não deixe sua empresa parar por problemas simples de suporte. Estamos aqui para te ajudar

Confira alguns dos serviços: