6 dicas financeiras para pequenas empresas terem sucesso

Aprenda dicas financeiras para pequenas empresas valiosas para ajudá-lo a manter o caixa e os investimentos da sua empresa no azul.

Gerenciar um pequeno negócio é um trabalho interminável. Muitos donos de empresas assumem que suas finanças serão uma luta no começo, mas que poderão relaxar mais à medida que forem estabelecendo seus negócios. Como você provavelmente aprendeu com a experiência, esse não é necessariamente o caso. Por isso, reunimos aqui dicas financeiras para pequenas empresas.

Muitos negócios têm um grande começo, mas fracassam décadas depois devido à má administração financeira. Para manter sua empresa e seu sonho vivos, você precisa avaliar constantemente sua situação financeira e procurar maneiras de melhorá-la.

Pode ser um grande erro financeiro das empresas reduzir as despesas sem consideração.

Você precisa saber as despesas certas para cortar e fazer o caminho adequado, caso contrário, pode sair pela culatra. Se você está lutando para encontrar esse equilíbrio, aqui vão algumas dicas financeiras para pequenas empresas para ajudar.

Dicas financeiras para pequenas empresas

Manter as finanças do seu negócio em boa forma não é algo que você pode conquistar em um artigo ou em um livro. No entanto, aqui estão algumas dicas financeiras para pequenas empresas para ajudá-lo ao longo do caminho:

1. Se você precisa de um empréstimo comercial, escolha o tipo certo

Um empréstimo comercial não é apenas para novos negócios. Pode ser uma ótima maneira de obter o capital necessário para crescer e expandir as ações da sua empresa.

No entanto, é importante que você esteja equipado com as informações corretas para solicitar um empréstimo que suporte sua empresa.

Existem muitos tipos de empréstimos para pequenas empresas escolherem como:

  • Empréstimos para capital de giro;
  • Linha de negócios de créditos;
  • Financiamento de faturas;
  • Financiamento de equipamentos;
  • Empréstimos de franquia.

Cada tipo de empréstimo ou financiamento tem seus prós e contras. É aconselhável entender os termos do empréstimo e escolher um que seja compatível com sua situação de negócios.

Na mesma linha, analise cuidadosamente todos os documentos do empréstimo antes de assinar. Muitos donos de empresas se descobriram em terrenos perigosos por não lerem o contrato para saber com o que estavam se comprometendo.

2. Analise suas maiores despesas

A segunda dica financeira para pequenas empresas é: fique de olho nas suas maiores despesas. Se o seu orçamento está ficando apertado, corte os maiores gastos para liberar o fluxo de caixa.

Por exemplo, uma das despesas mais desafiadoras para um negócio é o setor imobiliário. Mudar para um escritório menor ou uma área mais barata pode ser uma opção alternativa.

Para reduzir mais as despesas, alugue espaço em um ambiente de trabalho compartilhado — os coworkings — em vez de ter um escritório dedicado. Melhor ainda, encontre uma maneira de você e seus funcionários trabalharem remotamente para que você não precise de um espaço de trabalho.

O pessoal é outra grande despesa para muitas empresas. Se você precisar reduzir seus custos trabalhistas ou mantê-los sob controle, tente contratar fornecedores de serviço terceirizados em vez de funcionários em tempo integral.

Você pagará apenas pelo tempo que precisar e não haverá pressão para fornecer benefícios.

3. Não pegue novo capital a menos que você tenha um plano para ele

Uma armadilha comum para as pequenas empresas é aceitar mais capital do que realmente precisa de um investidor ou de um credor.

Aceitar muito capital pode comprometê-lo com pagamentos mais altos do que você pode bancar. Se vier de um investidor, você pode desistir desnecessariamente de capital ou lidar com um novo parceiro que não deseja ou precisa.

De maneira semelhante, você pode entrar em apuros usando capital para uma despesa que você não tem a receita para manter.

Por exemplo, um restaurante tem a oportunidade de comprar um segundo local por um preço baixo. No entanto, eles nem têm clientela suficiente para preencher sua localização atual, portanto não há uma demanda adequada para sustentar um segundo local também.

É fácil descobrir se você tem uma oportunidade para uma infusão de capital e começar a ver cifrões.

A melhor dica financeira para pequenas empresas é esperar até ter um plano concreto para expandir seus negócios, o que requer mais dinheiro.

4. Construa um crédito comercial

Nem todas as empresas são obrigadas a ter um Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica — o famoso CNPJ. No entanto, você não consegue crédito da sua empresa, a menos que tenha um.

É por isso que é melhor obter seu CNPJ o mais rápido possível. A partir desse momento, todos os pagamentos efetuados irão ajudá-lo a obter uma pontuação de crédito empresarial forte.

Lembre-se de continuar trabalhando para uma pontuação de crédito forte indefinidamente. Semelhante a uma pontuação de crédito pessoal, a pontuação de crédito da empresa baseia-se principalmente em:

  • Histórico de pagamento;
  • Quantias devidas;
  • Comprimento do histórico de crédito;
  • Tipos de crédito que você usa;
  • Novo crédito.

Construir o crédito do seu negócio é um das melhores dicas financeiras para pequenas empresas que você deve se dedicar seguir.

Mesmo se você estiver operando por uma década sem um CNPJ, agora é a hora de se candidatar a um.

Com a criação do MEI, ficou ainda mais fácil regularizar um negócio e ter todos os benefícios de uma empresa legalizada.

5. Precifique e atualize sua tabela de preços

Outro erro comum para as pequenas empresas é subestimar os custos ao definir preços. Isso pode parecer um problema apenas para novos negócios.

É aconselhável, no entanto, reavaliar continuamente seus preços sempre que suas despesas mudarem ou quando você adicionar um novo produto ou serviço.

Se você adquirir ou construir um produto por 5 centavos, pode parecer um grande lucro vendê-lo por 50 centavos.

Em contrapartida, se as despesas do seu escritório, pessoal, impostos e outras despesas atingirem 60 centavos por produto, você estará fora dos negócios antes de perceber seu erro de cálculo.

6. Invista em software de contabilidade

O empresário nunca tem a intenção de assumir despesas desnecessárias. Investir em um software de contabilidade é uma despesa que pode se pagar muitas vezes.

Para pequenas empresas, é uma despesa muito mais gerenciável do que contratar um contador em uma base contínua.

Há uma variedade de opções para acompanhar as finanças desde o início. Você ficará surpreso que os documentos primários que você usa regularmente podem ser automaticamente produzidos. Estes incluem balanços e demonstrações de lucros e perdas.

Como um bônus adicional, a maioria dos tipos de software de contabilidade vem com tutoriais para ajudá-lo a aprender o básico.

Ainda assim, fica a dica financeira para pequenas empresas de ter o contato de um contador de confiança que você pode contatar com perguntas e preocupações específicas.

Mantendo a estabilidade financeira do seu negócio

A gestão de pequenas empresas não é uma tarefa fácil de dominar, e é um processo de aprendizado contínuo.

As dicas financeiras para pequenas empresas acima podem ajudá-lo a construir seu negócio de sucesso sem assumir dívidas que você não pode lidar.

Lembre-se de que à medida que a economia e sua indústria mudam, sua administração financeira também deve se ajustar. Tenha a mentalidade de um estudante contínuo, sempre procurando maneiras de melhorar sua estratégia.

Confira mais dicas do Thiago Nigro, fundador do canal O Primo Rico, para o Sebrae:

Outra maneira de manter seu negócio operando no azul é ter soluções tecnológicas que facilitem o dia a dia de trabalho. Conheça a consultoria de TI da Encontre um Nerd e encontre soluções mais inteligentes para sua área.

Entre em contato com a nossa equipe e conheça nossos serviços.

42% das empresas no Brasil tem custos mais altos por ineficiência em tecnologia e informática. Faça um orçamento:

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Você também pode gostar de...

Veja Mais

Não deixe sua empresa parar por problemas simples de suporte. Estamos aqui para te ajudar

Confira alguns dos serviços: