Automação de TI : O que é + a jornada completa para automação

A automação de TI tem se mostrado uma das áreas mais promissoras de todos os tempos. Ela pode ajudar grandes negócios a otimizarem seus processos de um jeito simples e inteligente. Continue a leitura para saber mais!

8.9.2020

A automação é um dos processos que está ganhando o mundo de tecnologia, e dos negócios também.

Qual gestor não deseja simplificar o trabalho da sua equipe e, como resultado, conquistar mais produtividade e uma equipe mais satisfeita com o seu trabalho?

Esse processo ainda está em seus primeiros passos, mas conforme a tecnologia se desenvolve, mais podemos esperar dele.

Criamos esse conteúdo para que você pudesse se familiarizar com o termo automação de TI e por que ela pode ser tudo o que você precisa agora.

Boa leitura!

O que é automação

Automação de TI é o processo de criar um software, ou sistema, para substituir processos que são padrões e diminuir a necessidade de um profissional fazer o trabalho de modo manual.

Para quem já está há tempos no mercado, sabe que antigamente existiam processos que demoravam longas horas, dias ou até mesmo semanas para serem concluídas.

Isso gerava muito estresse e os resultados, por causa de um pequeno detalhe, poderiam ser desastrosos.

Especialmente para grandes negócios que trabalham com estatísticas, dados, resultados e dependiam dessas análises. Por causa de alguma falha, essas empresas corriam o risco de perder muito dinheiro ou até mesmo poderiam ir a falência.

Com a automação de TI em determinadas atividades, a entrega das infraestruturas e ações era acelerada, os processos manuais eram automatizados e os gestores não precisavam se preocupar com grandes falhas.

Dessa forma foi possível configurar e repetir processos. Os benefícios que ela pode gerar para uma empresa em curto, médio e longo prazo compensa todo o investimento e recursos usados.

A popularização dos serviços em nuvem impulsionou o desenvolvimento da automação de TI, dessa forma o mercado pode contar com operações cada vez mais rápidas.

Como a automação realmente funciona?

Não é necessário ser um expert em TI para saber como a automação funciona e como qualquer negócio, independente do segmento e tamanho, pode buscar essa alternativa para trazer mais dinamismo para todos os setores da empresa.

A automação de TI funciona por meio de um software capaz de executar diversas tarefas e repetir determinados processos.

Ela pode ser simples e fácil de ser executada ou até mesmo entregar as tarefas mais complexas e que levariam meses para serem concluídas.

É possível afirmar que a automação pode transportar um negócio para o futuro, uma vez que o investimento em tecnologia e inteligência artificial podem mudar todo um contexto histórico.

É claro que a automação de TI ainda é algo novo e está em seus estágios iniciais, mas com tudo o que o mercado disponibiliza hoje, é capaz de automatizar muitos processos e os aprimorar conforme o negócio vai avançando.

Por que a automação é tão importante?

Conforme a IA, inteligência artificial, aprende e se desenvolve, mais inteligente a automação fica. Quanto mais o software aprende, mais adaptável a “rotina” da empresa ele fica.

Essas tecnologias podem eliminar muitas tarefas exaustivas e liberar o pessoal para desenvolver outros projetos que merecem mais atenção.

Especialistas acreditam que a automação de TI não só terá a função de executar as tarefas que as pessoas não querem, como existe a possibilidade dos softwares perceberem novas oportunidades de mercado.

Quanto mais a tecnologia se torna mais complexa e completa, mais a inteligência artificial será capaz de interpretar as informações. Isso é algo muito valoroso para empresas e as tomadas de decisões serão muito mais certeiras.

Em outras palavras, quanto mais aprimorada for a automação de TI, melhor para a humanidade.

Esse tipo de informação, no começo, choca e é até mesmo é difícil de digerir.

Sempre vai gerar aquele debate “a máquina roubando o trabalho das pessoas”, mas na verdade, a máquina e a inteligência artificial se complementam.

A jornada para automação

A jornada para implementação da automação começa antes da criação do software.

Para seguir este processo é necessário pesquisar, conhecer bem o negócio, o que pode ser feito e muito mais.

Com essas etapas é possível começar a implementação da automação em uma empresa:

Etapa um: Identificar

O primeiro passo que se deve tomar é identificar quais processos devem ser automatizados. Muitos gestores decidem que querem implementar a automação, mas não fazem ideia do que.

A automação é capaz de facilitar muitos processos e pode beneficiar um negócio em diversas áreas, mas para isso é preciso que os gestores, gerentes e diretores decidam por onde começar.

Cada negócio é diferente, por isso não adianta todos seguirem o mesmo caminho.

Etapa dois: Avaliar

A segunda etapa se refere à avaliação e aprovação dos processos escolhidos.

A equipe envolvida precisa identificar quais os processos são falhos e definir quais prejudicam mais o negócio.

Durante essa etapa é necessário determinar como os processos foram definidos, corrigi-los e ajustá-los para que os riscos sejam reduzidos.

Etapa três: Explorar

Depois que os processos forem corrigidos para não causarem mais erros, a terceira etapa, explorar, vai colocar em prática os processos para se certificar que os erros sejam eliminados.

Essa é uma etapa que exige um grande esforço por parte de toda a equipe para garantir que os processos podem ser repetidos.

A terceira etapa é uma das mais importantes de todo o processo, já que a tecnologia vai apenas repetir aquilo que foi mandado.

Etapa quatro: Definir

A quarta etapa se refere a definição da ferramenta e como ela vai preencher a necessidade de toda a equipe. É possível que a empresa invista na produção da sua própria solução de automação.

Mas a outra alternativa é terceirizar a produção com uma equipe especializada e altamente capacitada para executar o projeto com total prioridade. Como é o caso da Eunerd.

Depois que uma solução de automação for definida e os fornecedores escolhidos, chegou a hora de passar para o penúltimo processo, a execução.

Etapa cinco: Executar

A execução é o momento que todo o projeto de automação é desenvolvido.

A implementação da automação deve começar de forma sutil. Não adianta tentar ferver o oceano inteiro de uma vez.

Começar pequeno te permite planejar os próximos passos com mais calma e não precisa refazer nenhuma parte e atrasar o progresso.

Etapa seis: Testar

E a última não poderia ser nenhuma outra. Apenas testar. Toda a automação deve ser exaustivamente testada para identificar todos os possíveis bugs e erros que podem acontecer.

Quanto mais se testa, mais se pode confiar que o projeto vai crescer e ajudar a empresa a ganhar mais espaço no mercado.

Esperamos que esse conteúdo tenha te ajudado a ver a automação de TI com outros olhos e como algo necessário para um negócio. Caso você queira saber como implementar a automação em sua empresa, fale com os nossos Nerds!


Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Você também pode gostar de...

Veja Mais
Receba uma proposta personalizada dos nossos consultores de suporte:
Recebemos suas informações e entraremos em contato em breve.
Oops! Something went wrong while submitting the form